domingo, 14 de novembro de 2010

Podcast nº 2: A Thousand Suns by Linkin Park

Querem saber o que estes dois redactores acham do mais recente trabalho da banda norte-americana Linkin Park? Então façam um favor a vocês mesmos e visualizem a segunda edição do Podcast aqui do blog!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Avaliação de KoRn III: Remember Who You Are



INTÉRPRETE: KoRn
ÁLBUM: KoRn III: Remember Who You Are
GÉNERO: Nu-Metal/Alternative Metal
ANO: 2010
LISTA DE TEMAS:
- Uber-time
- Oildale (Leave Me Alone)
- Pop a Pill
- Fear is a Place to Live
- Move on
- Lead The Parade
- Let The Guilt Go
- The Past
- Never Around
- Are You Ready to Live
- Holding All These Lies


Considerados os grandes salvadores do Nu-Metal (ao lado de bandas como Linkin Park), os norte-americanos KoRn são uma das bandas que mais sucesso gozou neste género musical, com êxitos críticos e comerciais como "Got The Life" ou "Freak on a Leash", reconhecidos pelas letras explícitas e guitarradas profundas, KoRn deixaram a sua marca no mundo da música como uma das bandas responsáveis por empurrarem o Nu-Metal para o mainstream com a sua fusão de vários elementos que vão desde o Grunge ao Hip-Hop. Depois do experimentalista "See You On The Other Side" e do desapontante álbum sem título de 2007, a banda regressa às origens com "KoRn III". Será que foi um sucesso? Verifiquem vocês mesmo na análise seguinte.
No seu núcleo, "KoRn III" é um albúm típico da banda com as vocais distorcidas e mórbidas de Jonathan Davis, guitarradas potentes e as habituais letras de auto-revolta. O albúm começa com uma intro denominada de Uber-time que depois evoluí para a frenética Oildale (Leave Me Alone), uma das melhores faixas do disco, ao bom estilo KoRn. No entanto, é nos temas que se seguem que detectamos o principal problema desta nova entrada: A incapacidade de fazer evoluir o som da banda a outro nível e o uso frequente de secções incoerentes onde guitarras e baterias se fundem de uma maneira desordenada, caótica e descuidada, mostrando a mais que subtil inclinação para outros estilos musicais mais pesados como Trash Metal. O resultado é um trabalho por vezes pautado pela repetição que falha em reproduzir completamente a glória de albúns anteriores como o brilhante "Follow The Leader" ou "Untouchables". É verdade que a banda já não é propriamente recente e isso verifica-se exactamente aqui com sinais visíveis de desgaste. As letras continuam fortes e sólidas como verificamos em temas como "Pop a Pill", onde o vício da droga é personificado como uma relação amorosa e "The Past", mas atenuaram significativamente em termos explícitos o que poupa ao ouvinte alguns pensamentos perturbadores.
No fim do dia "KoRn III" assume-se como o regresso às origens da banda, mas agora sem o furor de antigamente, sem a capacidade de dar aos fãs um único clássico e com uma composição algo repetitiva, às vezes incoerente e menos ritmada que trabalhos anteriores, é aqui que evidenciamos os primeiros sinais de desgaste da banda. De maneira nenhuma, um mau albúm mas longe de merecer um lugar de menção entre os melhores, KoRn III é um bom aperitivo para quem ainda está à espera de algo mais explosivo da banda de Nu-Metal.

Nota: 7.5

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Portal 2 Co-Op trailer (Extended)

Foi lançado um novo trailer do Co-Op de Portal 2 que nos mostra a verdadeira epicidade do multiplayer. Sem mais demoras um épico video para um épico jogo

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Ghost Of Sparta em Português

Podem aqui ver a "HANDS-ON" em português... Fiz um pouco à pressa por isso só inclui o início da demo mas mostrei o máximo que pude...

Fiquem com o vídeo...


(a razão pela qual me faltam as palavras é que estava habituado de falar e ver as coisas em inglês e as palavras tugas não me vinham à cabeça)

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

God Of War: Ghost Of Sparta....


Então a Playstation enviou-me um codigo para download da demo de Ghost Of Sparta...
Eu decidi fazer uma gameplay do tipo Hands-On... Mas ainda não posso publicar no canal visto que preciso de falar com o "RBChaos" ...
No entanto ainda podem ver como é o jogo, mas com voice over em ingles, fiz para o meu canal...


domingo, 22 de agosto de 2010

Portal 2 Co-Op Trailer

A GamesTrailer lançou um exclusivo mundial com o trailer de Co-Op do Portal 2 e como não podia deixar de ser nós tinhamos de vos trazer este pouco espantoso mas prometedor video.



Por Favor continuem a seguir-nos para poderem ter acesso a mais novidades, análises, previews e muito mais destes e outros jogos.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Prestige VS.Prestige...





Bem, os votos de melhor "Prestige Edition" dos dois últimos jogos "Call of Duty" acabaram, e como já era de esperar o pessoal que já conhecia o conteúdo da edição especial de "Black Ops" votou na mesma...

O Call of Duty deste anno ganhou por 2 votos, sendo o resultado final:

Call of Duty: Modern Warfare Prestige Edition 2 > 5 Votos

Call of Duty:Black Ops Prestige Edition > 7 Votos

O pessoal do WTF Generation agradece por terem votado mais desta vez, conseguimos um total de 12 votos... Podia haver muitos mais mas pelo menos supera a última votação que só atingiu 8 votos...


Dependendo das coisas que acontecem podem esperar muitas mais sondagens ou então, menos.

domingo, 15 de agosto de 2010

Prestige Edition de Black Ops

Lembram-se de como Modern Warfare 2 na sua Prestige Edition trazia aqueles Night Vision Goggles? Bem, a Treyarch tentou fazer algo ainda melhor e incluiu na Prestige Edition de Black Ops um carro RC com câmara e microfone.

A Hardened Edition inclui :
  • Uma medalha de coleccionador de edição limitada
  • 4 mapas extra para jogar em co-op
  • Avatar para o XBL
  • Uma prateleira de edição especial
  • Jogo Call of Duty Black Ops

Badass o suficiente? Nunca saberemos até jogarmos o jogo e decidirmos se vale a pena!

O P.V.P é de 150€. Surpresas aqui?


quarta-feira, 11 de agosto de 2010

The Dark Knight vs Inception: Do we have a winner?


Bem, como já devem ter reparado, a sondagem de "Inception" vs. "The Dark Knight" (dois dos melhores filmes de Christopher Nolan tal como os dois melhores filmes de sempre) já acabou..

É pena ter acabado em empate porque adorava que houvesse uma discussão online só por causa disso, e também é pena que só tenha havido 8 votos no total..

Eu, tal como o resto dos membros do blog gostaríamos que houvesse mais mas não houve, e provavelmente metade dos votos foram nossos portanto, coiso !

Esperamos pelo menos que tenham visto a sondagem ...

Devido ao empate esta discussão fica adiada até data indefinida.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

The Dark Knight vs Inception


Admitam... Vocês estavam à espera disto... Aqueles que viram os dois filmes e ainda estão indecisos entre qual o melhor, nós vamos dar-vos uma ajuda.

Ambos realizados por Christopher Nolan (duh!) e ambos considerados os melhores filmes do século XXI estão prestes a colidir...


Christian Bale - Batman!! O anti-herói negro e perturbado, que tenta combater Joker e conciliar a sua vida e estatuo enquanto Bruce Wayne. Apesar da representação boa, é obscurecido por Heath Ledger, o que lhe tira muito do seu brilho.

Leonardo DiCaprio - O homem que se sente perturbado pela morte da mulher e ela continua a assombrá-lo nos seus sonhos e está constantemente a pensar nela, arriscando o próprio plano que o levaria de volta aos filhos (uma atitude assim um bocado fail, mas pronto).

Vencedor - Apesar de Bale ser mais badass, DiCaprio conseguiu obter melhor o personagem perturbado com pouca percepção do que é real e do que não o é.

"Damn I own!"
Inception : 1
The Dark Knight : 0


Antes de mais, digam-me lá se estes gajos não são parecidos? Eu acho que são bastante, será que Nolan foi propositadamente à procura de alguém que fizesse lembrar Heath?

Heath Ledger - "Why so serious?" "Madness is like gravity" e muitas outras... Já ganhou.

Joseph Gordon-Levitt - Tiveste bem pá, mas não chegas ao pé do Ledger... Better luck next time...
Vencedor - Esta é indiscutível...

" Gordon-Levitt... Let's put a smile on that face! "
Inception : 1
The Dark Knight : 1



Ambos - Esta é capaz de ser a mais difícil escolha. Eu pessoalmente vou mais com a da The Dark Knight, mas tenho de admitir, que a de Inception, é, no mínimo, brilhante. Aqui fica muito ao critério do espectador. Preferem um filme que explora o nosso interior e a nossa percepção do que é real, e que como moral têm "Is life a dream on the way to death?" ou um que explora como o desespero pode levar a recorrer a coisas que nunca tínhamos pensado e a insanidade humana é algo inexplicável? A sua moral é "Everything Burns!".

Vencedor - Vocês escolhem, eu dou empate.


The Dark Knight: 2
Inception: 2



Esta é a comparação menos justa de todas, visto que os filmes estão separados por 2 anos.

The Dark Knight - Efeitos muito bons, as cenas de porrada estão bem coreografadas e as explosões, assim como o camião a virar-se e o carro a partir-se com Batman em cima, estão num nível alto.

Inception - O melhor até agora neste aspecto. Cidades a torcerem-se, deixando para trás as leis da física, cenas de pancadaria bem elaboradas, se bem que com algumas lacunas, tiroteios muito bons e tudo bem conseguido.

Vencedor - Inception é inevitavelmente o vencedor, devido ao maior tempo de produção e mais tecnologia disponível.

"Wassup son?"
The Dark Knight: 2
Inception: 3



The Dark Knight - " Everything Burns... " Uma moral sobre que qualquer pessoa tem os seus limites, e por mais boa e politicamente correcta que seja, pode ser tornada numa assassina ou psicótica.

Inception - " Is life a dream on the way to death? " Será que o que vivemos é real? (A dor que sentimos da porrada é real, de certeza) Mas Nolan quis puxar ainda mais este conceito...
Vencedor - Por muito boas que sejam ambas as morais, eu tenho de dizer que acho a de The Dark Knight mais apelativa.

" In the nuts ahahahah! "
The Dark Knight: 3
Inception: 3

Temos empate, por isso vamos ter de recorrer a votação dos membros.


Inception pwna The Dark Knight.




The Dark Knight thunderstrucka Inception.




Inception consegue derrotar The Dark Knight.



The Dark Knight still pwns!




Resultado:

The Dark Knight - RBchaos, Alex (2)

Inception - DreFranco, Martin (2)

E assim voltamos ao empate. Quem será o vencedor? Anunciaremos dentro de uma semana, e vocês sabem qual será o factor decisivo? Vocês! Votem na sondagem e digam-nos qual acham que é o melhor filme.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Crítica a 'Inception'




IMDb - 9.3/10

Metacritic - 74/100

Realização - Christopher Nolan

Género - Drama / Acção


"F0d@-s£ c@r4lh0!"

É mais ou menos assim que um gajo sai do cinema logo após ter visto este filme, que no mínimo, merece o estatuto de BRILHANTE!

A história do filme roda em volta de um perito (Di Caprio), Cobb, que entra nos sonhos das pessoas para extrair informações importantíssimas. Trabalha para quem pagar mais. Embora o 'como' de se entra no sonho de alguém nunca ser explocado, isso nem é dos factores mais importantes, pois o filme está assombrado por pormenores geniais, contados ao ínfimo detalhe, sobre os sonhos e tudo rodeado à sua volta.

Tem de haver um sonhador, um arquitecto, têm de estar no subsconsciente de alguém, quando uma pessoa morre num sonho acorda na realidade a menos que esteja sedada e blá blá, é impossível descrever todos os detalhes pelos quais Christopher Nolan foi responsável.



Para além da história genial, que roda em volta do passado e presente de Cobb, que pretende voltar para os seus filhos após concluir um último trabalho, a representação está muito bem feita.

DiCaprio, como sempre nos habituou, têm a sua performance num nível muito alto, mas destaco Joseph Gordon-Levitt, que interpreta Arthur e uma coisa vos digo... Este rapaz faz-me lembrar, e muito, o vencedor de Óscar e estrela no filme anterior a Inception, Dark Knight, Heath Ledger. Só um pensamento.

A cara linda, Ellen Page, também tem uma representação boa (assim como ela), e a sua personagem tem uma característica muito particular; não sorri durante o filme todo.

Marion Cottilard não surpreende, já demonstrou o seu valor em La vie en rose, com o papel de Mal, a mulher de Cobb, que o persegue no seu sub-consciente e consequentemente, nos seus sonhos.

Também de notar que Inception tem os melhores efeitos visuais até a data. Que se fodam os ambientes naturais de 'Avatar', cidades a torcerem-se e merda a explodir é muito mais apelativo.

Enfim, este filme é sem dúvida o filme do ano, e provavelmente a obra prima de Christopher Nolan.

Resta a grande pergunta, que todos se fazem por esta altura...

SUPERA THE DARK KNIGHT?

Mind bending vs Mind blowing


Há quem diga que sim, há quem diga que não.Vamos por as coisas desta maneira.
Preferem um filme que explora a mente humana e a percepção da realidade, ou um filme que explora a criminalidade, corrupção e a insanidade do ser humano?
Não se pode fazer uma comparação directa, devido aos géneros de filme diferirem, mas uma coisa vos digo. São os melhores filmes do século XXI.

Christopher Nolan já deixou certamente a sua marca na indústria cinematográfica com dois filmes excelentes em cada área e Inception É o melhor filme deste ano.


' Um filme com uns pormenores excelentes
e screenplay excelente. Bastante sério onde
o humor é praticamente inexistente.
Equipara-se a The Dark Knight, não o superando
no entanto."
Nota: 9/10



' OMG WTF JIZZED IN MY PANTS! Melhor
filme de sempre! Christopher Nolan fez
a obra da sua vida. Supera The Dark Knight! '

Nota: 10/10


Nota: 9.5/10

sábado, 24 de julho de 2010

WTF Top 10 Melhores Temas - Gorillaz



Como podem ter comprovado pelo nosso novo banner (AC/DC FTW!) e pelo top passado elaborado pelo nosso amigo RBchaos, onde numerou as dez melhores músicas dos AC/DC, o WTFGeneration, agora com um ano de idade, anda numa onda musical. Este novo top continua esta tendência, virando-se desta vez para uma das maiores referências da música Alternativa britânica, a mais bem sucedida banda virtual do Mundo, Gorillaz. Neste top vamos enumerar as dez melhores músicas desta banda ao longo dos seus três albúns de estúdio, lados B e remisturas. Vamos lá iniciar isto:


10- M1A1


Começamos com aquela que pode ser a música mais barulhenta, acelerada e pesada da banda, retirada do primeiro albúm "Gorillaz", M1A1 é puro rock cheio de adrenalina e com uma forte mensagem anti-guerra. Claro que também é uma excelente batida para abanar a cabeça...


9- Every Planet We Reach is Dead


Em nono lugar encontramos "Every Planet We Reach is Dead" do segundo e melhor albúm da banda, "Demon Days" de 2005. Esta música, com o seu característico tom triste e melancólico tem uma incrível composição com uma complexa orquestra, elaborando uma incrível batida deprimente e de certa forma, relaxante...


8- Fire Coming Out of a Monkey's Head


Mais outra de "Demon Days", "Fire Coming out of a Monkey's Head tem a particularidade de praticamente não ter vocais cantadas, à excepção de uns excertos por Damon Albarn, a letra é narrada pelo defunto Dennis Hopper (Rest In Peace). Contando uma história sobre como as "Pessoas Estranhas" arruinaram a vida das "Pessoas Felizes", esta belíssima narração é uma fábula à sobre-exploração dos nossos recursos naturais. Com mais uma excelente composição e vocais épicas, esta é uma das melhores de sempre. Fiquem também com os excelentes gráficos por Jamie Hewlett no vídeo.


7- O Green World


Em sétimo encontramos "O Green World", outra música a chamar pela veia mais rock da banda, apesar de ser notoriamente deprimida e cabisbaixa, contamos aqui com um ritmo animado capaz de nos fazer bater o pé. Outra música com tendências ecológicas...


6- Tomorrow Comes Today


O primeiro single que introduziu Gorillaz ao mundo, "Tomorrow Comes Today" tem uma contagiante batida "Underground" londrina, sobre esta música não existe muito a dizer, um lançamento limitado mas com direito a um interessante videoclip.


5- Demon Days


Como podemos comprovar, os Gorillaz são reconhecidos por criarem músicas muito melancólicas ainda que ritmadas, sempre com um tom mórbido e cabisbaixo como "Clint Eastwood", "Feel Good Inc.", "Latin Simone" e por aí a fora. A última música do albúm "Demon Days" é simplesmente bela, com um excelente coro Gospel, uma orquestra épica, esta para mim é a música que melhor consegue representar o fim da tristeza e o erguer da felicidade. Não posso evitar ficar mais animado duma forma melancólica quando ouço esta peça...


4- Are We The Last Living Souls


Seremos as últimas almas vivas? "Last Living Souls" é puro Gorillaz, letras fortes, vocais excelentes, ritmo contagiante e melódico, sem dúvida umas das melhores do álbum "Demon Days".


3- El Mañana


O último single de "Demon Days", "El Mañana tinha um videoclip badass, mas o Youtube fez o favor de o proibir no nosso país... De qualquer forma, fiquem com a versão ao vivo desta lindíssima música.


2- Clint Eastwood


"Tomorrow Comes Today" pode ter sido a música que nos deu a conhecer Gorillaz, mas foi "Clint Eastwood" que os amarrou a um foguete e lhes deu um estrondoso sucesso! Um dos melhores videoclipes de sempre, um ritmo simplesmente viciante, vocais simplesmente épicos com um rap excelente de "Del Tha Funky Homosapien", "Clint Eastwood" também tem um nome badass tirado de umas das maiores lendas vivas da actualidade!


1- Feel Good Inc.


Mas havia dúvidas? Mais um mega-êxito estrondoso, "Feel Good Inc." é a melhor música de sempre, bitches!! Uma composiçao triste, melancólica e deprimida, no entanto à boa moda de Gorillaz, impossível de largar!! Para além de das vocais de Albarn, De La Soul entram aqui com as icónicas gargalhadas e rap. "Feel Good Inc." fala-nos sobre como hoje em dia, cada vez mais o ser humano vai buscar prazer a coisas artificiais, sem alma, fabricadas, como hoje em dia, a Felicidade quase que é patenteada... Uma mensagem fortíssima que nos deixa a pensar sempre. Uma música que é impossível de ficar indiferente. Damon Albarn deixou-nos a sua derradeira criação... Uma música tão boa que merece dois vídeos postados no top: O seu excelente videoclip e a actuação ao vivo mais impressionante de sempre:






sábado, 17 de julho de 2010

WTF Generation comemora 1 ano!


 Hoje o WTF Generation comemora um ano de existência!

Tudo começou o ano passado com 'DreFranco' se juntou a 'RBchaos' e fizeram este blog que acabou por se revelar como uma das maiores inutilidades da Internet! Seguiram-se 'alex002345', 'Martin', 'Lumipate e por fim 'MTV', com umas contribuições pelo meio do 'Jedi_Lord'".

Agradecemos a todos os que nos visitam, lêem os nossos artigos e vêem os nossos vídeos.

sábado, 10 de julho de 2010

Live Action Trailer de Ghost Recon Future Soldier

A UbiSoft resolveu fazer um Live Action trailer para o jogo Ghost Recon: Future Soldier.

O trailer apresenta-se com uma qualidade digna de um filme e eu digo desde já, que na minha opinião este é o melhor Live-Action Video já feito, superando ODST e Assassin's Creed 2.

Sem mais conversa, cá está a bomba:

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Parabéns Sonic!

Faz hoje 19 anos que nasceu um dos personagens mais icónicos e memoráveis dos videojogos, que acabou por se expandir para filmes, séries televisivas etc... 

 Falo obviamente de 
Sonic The Hedgehog


PARABÉNS!



Fiquem aqui com alguma informação sobre o ouriço:

segunda-feira, 21 de junho de 2010

WTF Generation Top 10: 'As melhores músicas dos AC/DC'


O Top 10 está de volta, desta vez com os Deuses (ou demónios) da música, os grandes e míticos AC/DC!!!

Quais serão as suas melhores músicas? A minha opinião já a seguir.










10º Hells Bells



A primeira música cantada por Brian Johnson após a morte de Bon Scott. Excelente, e sem dúvida uma das mais calmas dos AC/DC.

9º Hard as a Rock



Badass name? Check. Kickass music? Check. Epic guitarrist? Check. Amazing vocals? Check.

8º Shoot to Thrill




Para dar um toque mais moderno, fiquem com a música num videoclip com partes do filme Iron Man 2.
Sem dúvida um música de Rock N' Roll inesquecível!

7º Rock n' roll ain't noise pollution




Podem crer que não é. Caguem nas novas tendências de pop e essas merdas todas tipo Justin Bieber e Lady CaCa e oiçam rock. Porque rock não polui. Porque rock é música a sério. Porque rock é mais do que por um videoclip de alguém com a cabeça em baixo a falar de amor. Rock é alguém com a cabeça levantada a dizer porque é que o mundo em que nós vivemos hoje em dia está tão fodido. Rock é uma sátira, uma crítica, uma maneira de combater "O Homem". Eles tentaram destruir o rock ao criar a MTV. Mas não conseguiram nem nunca hão-de o fazer.
ROCK N' ROLL AIN'T GONNA DIE!

6º T.N.T



WATCH ME EXPLODE!!! Esta música, basicamente, é PURO E DURO rock n' roll! Memorável!

5º LET THERE BE ROOOOOOOOOOCK!


Muitas das músicas dos AC/DC têm nomes espectaculares. Big Balls, Hard as a Rock, War Machine e muitas outras... Mas esta... no words! ROCK N' ROLL FOR LIFE!

4º You Shook Me All Night Long


Abanaste-me todo! Mais uma música que comprova o que disse acima. É das minhas favoritas (como todas as outras). Videoclip épico já agora.

3º Highway to Hell



Não há pessoa que se preze nesta sociedade que não conheça esta música.
I'm sure I'm goin' there too!


2º THUNDERSTRUCK!!



Até escrevi o título em maiúsculas e com pontos de exclamação para demonstrar o WIN que esta música é. Se eu fosse a um concerto dos AC/DC, teria de ser esta que eu adoraria mais. Esta é a maneira badass de ser dizer 'You just got owned!'; 'You've been... THUNDERSTRUCK!'
A sério... Não tenho palavras. Aquela introdução de guitarra e bateria é das melhores de sempre. Sem discussões.

1º Back in Black



Não, vocês não estão surpreendidos. Sim, esta é a melhor música de sempre. Algo mais a dizer?


ROCK N' ROLL AIN'T NOISE POLLUTION!
ROCK N' ROLL AIN'T GONNA DIE! 

Aproveito ainda para vos deixar a melhor actuação ao vivo já feito pelo Homem.
Sim, é epica.
 

 

terça-feira, 8 de junho de 2010

Enigmático vídeo de Mortal Kombat a circular pela Internet!

Tem circulado pela Internet, um enigmático vídeo acerca de Mortal Kombat. A curta de 7 minutos introduz-nos a várias personagens do universo MK como Reptile ou Jonhy Cage num ambiente urbano e contemporâneo (algo diferente do que estamos habituados a ver em MK), nesta curta podemos ver um detective a informar um recluso acerca de vários serial-killers e psicopatas à solta nas ruas que têm de ser parados. O conteúdo do vídeo, é no mínimo visceral e pesado e com uma qualidade (tanto a nível de guião como de efeitos especiais) demasiado elevada para ser fake. Mas o representa este vídeo? Um promo para um novo jogo da franquia Mortal Kombat? Grandes hipóteses, a E3 está aí à porta. Ou será um forte indício de um novo filme? (Por favor não!) De qualquer maneira, esta é uma curta que não deixará ninguém indiferente!
Fiquem com o brutal vídeo:

domingo, 6 de junho de 2010

Half Life 2: Episode 3 a caminho?

Recentemente, a Valve anunciou o cancelamento da conferência para a demonstração de Portal 2, a sequela a um dos jogos mais originais e geniais desta geração de consolas, prometendo em vez, no mesmo dia, uma "surpresa", será que esta surpresa pode vir a ser HL2: Episode 3 ou HL3?
Parece mesmo que sim segundo esta imagem:


Relembramos que o fim de Episode 2 só pode ser caracterizado como um dos fins mais "F***-se Cªr+lho-não-tava-nada-à-espera-desta-m**da!" em todas as formas de entretenimento e que deixou os fãs sedentos por um novo capítulo. Já lá vão quase três anos, portanto não era nada mau que isto fosse verdade...

Análise a "God of War 3"







"Conclusão épica para uma saga épica!"







A saga God of War é uma das melhores e mais conhecidas da PlayStation 2. Começou com God of war em 2005 e depois God of War II em 2007 para a PS2, e ainda jogos de menor importância, como God of War Chains of Olympus para a PSP e ainda God of War Betrayal para o telemóvel. E no início deste ano chegou God of War 3, que veio a ser o fim da trilogia.

 'Give me your head if you don't mind..."


Mal inserimos o God of War 3 na Playstation 3 deparamo-nos com uma abertura simplesmente espectacular que conta a história dos jogos anteriores através de silhuetas que lembram as pinturas gregas. Porém não irei contar a história para evitar spoilers a quem ainda não jogou os dois primeiros jogos, visto que a história é muito boa.

No que toca aos gráficos, são mesmo brutais! O Kratos está com um pormenor incrível, tanto que até é possível ver os seus poros. Os cenários também estão muito bem detalhados e são “vivos”. Está sempre alguma coisa a acontecer no cenário, desde lutas a almas penadas a caírem e a gritarem. O sangue também está muito bem feito, e chega a manchar o chão e o próprio Kratos. As outras criaturas também têm excelentes gráficos, especialmente os inimigos mais comuns. Só é pena o facto de algumas personagens e criaturas não estarem tão bem trabalhadas como o Kratos.



 'KRATOS SMASH!'

O som, como não podia deixar de ser, está impecável! God of War 3 conta com uma banda sonora épica como os jogos anteriores. Os efeitos sonoros, como espadas a rasgar criaturas, etc., estão cinco estrelas.
Como muitos devem saber, o God of War 3 teve uma versão totalmente em português (mas obviamente que se pode escolher entre português e a língua original, entre outras línguas) e devo dizer que as vozes portuguesas nem estão nada más. “Vê-se” que se preocuparam em fazer vozes de qualidade para este jogo. Porém, enquanto que as vozes portuguesas estão boas, as vozes na língua original (inglês) estão perfeitas.


Neste jogo, a jogabilidade sofreu algumas alterações em relação aos jogos anteriores. Neste fim da trilogia, as armas estão associadas às magias, pelo que se se mudar de arma, muda-se automaticamente de magia, dos botões direccionais, o que é mais prático do que nos jogos anteriores em que se tinha de clicar Start para escolher para qual arma tinha-se a possibilidade de mudar. Também é possível girar para quatro direcções os objectos que empurramos, o que não era possível realizar nos outros jogos. Nos quick time events, os botões que se devem clicar deixaram de aparecer gigantes no centro do ecrã e passaram a estar mais pequenos no respectivo lugar de cada botão, como por exemplo: o X aparece na parte inferior do ecrã, o Círculo à direita, etc., de modo a não tapar o que se está a passar no jogo. Outra das novidades são os itens que podemos usar no jogo que podem ser usamos para atacar inimigos como armas, mas, como são necessários para avançar na história, existe uma 3ª barra abaixo da barra de magia que se enche automaticamente após a sua utilização.

 'Come here, I promise I won't hurt you...'


No que toca à longevidade… digamos que é o calcanhar de Aquiles do God of War 3 visto que o jogo de passa em cerca de 10 horas. Mas para compensar esse facto, a Santa Monica criou alguns desafios (que também se passam rapidamente) que poderemos completar assim que acabarmos a história e adicionou vários vídeos sobre a produção deste jogo para nos entreter por mais algum tempo.


Resumindo: Este é um jogo excelente com gráficos espectaculares, um som de ficar com a boca aberta, uma história mesmo muito boa e um final épico. Porém, algumas dúvidas foram deixadas no ar propositadamente depois deste jogo, mas foi recentemente anunciado God of War: Ghost of Sparta para a PSP, que será uma prequela e que deverá esclarecer os jogadores acerca estas questões sem resposta.



Opinião pessoal: Este foi o meu primeiro jogo para a PS3 e penso que não podia ter começado melhor! Eu adorei o jogo e penso que pode ser candidato a GOTY, apesar da forte concorrência. Aconselho vivamente a compra deste jogo, porém não o joguem sem jogar os dois primeiros antes, até porque o 3º começa exactamente onde o 2º acaba. Comprem o God of War Collection, uma adaptação para PS3 que inclui o GoW e o GoW2, ou então adquiram o God of War Trilogy, que tem os três jogos.


 Os gráficos de Kratos são dos melhores até à data, mas como nem todas as personagens estão tão bem detalhadas, os gráficos perdem alguns pontos.


 
Banda sonora épica, como sempre e vozes perfeitamente enquadradas nas personagens. Nota: apenas são avaliadas as vozes originais (inglês).




Várias alterações na jogabilidade em relação aos jogos anteriores e cenários enormes.
Uma história que decerto quererão reviver mais tarde. No entanto, podiam ter “esticado” um pouco mais o jogo.



História muito boa com várias reviravoltas e um fim espectacular.


segunda-feira, 24 de maio de 2010

Best Text Ever?!?!

Jovens, hoje trago-vos aquele que é o texto/composição/história mais épico de sempre.

O texto que se segue foi escrito num teste de Língua Portuguesa do 8º ano por um colega meu.
O que nos era pedido era "Descreve uma situação cómica que tenhas presenciado".

Pois bem, aqui têm a história original, a qual eu não modifiquei rigorosamente nada!

'Era uma vez uma família normal, com um homem, a sua mulher e os seus três filhos e um cão falante. Chegaram um dia a casa e vêm um camião cheio de lixo tóxico por dentro.

O filho abre a válvula e ficam todos cheios de lixo. Quem diria o lixo tóxico deu-lhes poderes. A mulher diz a todos para usarem os poderes para o bem.

Chega um dia em que o Pai e o filho estão a passear. O filho pede ao pai para fazer uma coisa fixe com o poder. O pai diz para o filho:

- Bem filho, a tua mãe disse-nos para não usar os poderes para o mal nem para nos divertirmos, mas suponho que fazer exactamente o contrário não faz mal.'

E cá está, espero que se riam tanto como eu me ri.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Trailer de CoD: Black Ops

Já foi revelado o novo de trailer de Call of Duty: Black Ops! A acção característica do franchise volta, desta vez sobre a alçada da produtora Treyarch, que se estreia nos campos de guerra modernos. Segundo o título, iremos protagonizar num esquadrão de operações ocultas, o que pode trazer uma lufada de ar fresco à série, mas será que Black Ops conseguirá distinguir-se dos anteriores ou cairá na categoria "mais do mesmo"? Fiquem com o trailer:

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Crítica a "Kick Ass"







Género - Comédia | Acção








"I'M KICK-ASS!"


Mais inclinado para Ass-Kick.

Kick-Ass é um filme sobre um jovem assim para o geeky/nerd que como é fã de quadradinhos pergunta-se a si próprio:

"Porque é que nunca ninguém tentou ser um super-herói?"

Claro que o espectador com um QI acima de 80 (Facepalm é muito bom não é?) deduz logo que estamos na presença de um rapaz muito ingénuo cujo único super-poder que possui é ser invisível às raparigas.

Postas as perguntas á parte, decide ajudar a sociedade. Nem que seja a tirar gatos de árvores. Ou a apanhar lixo. Têm razão, ele é um fail!
Até que um dia 'cai' num confronto e devido à sua motivação inesgotável decide ajudar o homem que estava a ser perseguido. 

Com muita sorte à mistura e as suas armas de eleição, os paus (mentes pervertidas!) consegue derrotar os "maus da fita". Para sua sorte (ou azar) estava a ser filmado e o seu vídeo foi posto na Internet, tornando-se um sucesso colossal.



Toda a gente começa a gostar de Kick-Ass e ele cria a sua própria página do Facebook (claro que qualquer gajo consegue descobrir o IP mas nos filmes nunca ninguém se lembra).

Devido a um incidente que para ocultar a sua identidade secreta teve de simular que estava 'nu' as pessoas pensaram que ele tinha sido violado e começaram a tomá-lo por gay.

A rapariga que ele ama então toma-o por gay também e ele para se aproximar dele mantém a mentira.
Afinal, ser o amigo gay de uma miúda não parece ser tão mau. Entre massagens em certas partes do corpo a discussões mais... mais... coiso, o rapaz vai-se safando.

Até que um dia, por causa dessa rapariga ele arranja confusão num apartamento e quando o estão prestes a matar, aparecem Hit Girl (uma das personagens femininas mais fixes que já vi, e tem 11 anos!) e Big Daddy que lhe salvam o coiro.



É aí que ele percebe que eles são os verdadeiros heróis e ele é apenas um puto frustrado que precisa de ajuda.

Mas não desiste. Big Daddy (que tem um fato de Batman e o nome dum personagem de Bioshock) e Hit Girl pretendem destruir o império do crime de Frank D'Amico (interpretado por Mark Strong, Lord Caldwell de Sherlock Holmes).

Kick-Ass acaba por se ver metido no caminho quando Frank pensa que é ele que lhe tem f*dido os planos.
É aí que começam as reviravoltas. Dave/Kick-Ass confessa à amiga que não é paneleiro e que ele é o tão famoso Kick-Ass e como foi capturado devido à traição de Red Mist (filho de Frank D'Amico disfarçado de super-herói) juntamente com Big Daddy levar muita porrada numa transmissão em directo que passa na TV.
É aí que Dave descobre a resposta à sua pergunta:
"Porque é que nunca ninguém tentou ser um super-herói?"
"PORQUE DÓI!"



Só vos vou dizer uma coisa a propósito dessa cena. FUI COPIADO! Juro-vos que escrevi uma cena quase idêntica para um filme (parece que até apareceu num filme, que não foi o meu, o que é um WIN/FAIL).

HIT-GIRL TO THE RESCUE!

Comentários sobre este filme é que é uma película relativamente violenta (M16), com muita acção e um humor espectacular (uma miúda de 11 anos a matar gangsters enquanto toca uma música de crianças no fundo), uma sátira e referências a outros filmes, muito bem conseguido. Com personagens carismáticos (aquele Nicholas Cage continua a não convencer), acção intensa e uma história bastante humorística, Kick-Ass é certamente dos melhores filmes deste ano.



Kick-Ass é um filme definitivamente KICK-ASS!

"Uma comédia intensa que não vão
esquecer rapidamente!"

9.4


"ÉPICO! Supera Iron Man!"

9.6


Nota final: 9.5/10