sábado, 31 de outubro de 2009

Crítica do filme "Cloverfield"

IMDb - 7.5/10

Metacritic - 64/100

Realização - Matt Reeves

Género - Terror | Thriller



"It's still alive!"

Cloverfield é um filme de terror visto apenas na perspectiva de uma câmara como no filme REC.

Esta película conta-nos a história de um grupo de adolescentes (quase adultos) que estão na maior, a curtir uma festa e terramotos e explosões começam a abalar e a destruir a cidade.

Eles saiem cá para fora e rapidamente ser percebe que um bicho gigante, de fazer inveja ao King Kong, é o responsável de tudo aquilo. Não se sabe de onde veio, mas os personagens também não se demonstrar interessar muito nisso; o seu objectivo é sobreviver e fugir da cidade de Manhattan (que é onde decorre a acção) a todos os custos.

Problema que um rapaz deixou a sua namorada para trás e quer ir buscá-la.

O filme tem o tema dos zombies à mistura, onde entram as infecções e "se és mordido tás fod@%$" como não podia deixar de ser.

O final é bastante previsível, sem dúvida, um pouco lame até, mas compensa pelo resto, desde a shaky cam até às enormes explosões e ao monstro gigante que apostamos que tem mau hálito.



Para concluir, Cloverfield é sem dúvida um bom filme, interessante para alguns enquanto que outros até o podem achar enjoativo (não pude resistir :P).

Nota: 7.7/10

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Crítica do filme "Surrogates"


IMDb - 6.5/10

Metacritic - 45/100

Realização - Jonathan Mostow

Género - Ficção Científica


"Mas que desilusão!"


Tinha expectativas um pouquito elevadas, em parte por ser um filme que tinha Bruce Willis no papel principal. Só para que fique esclarecido já ao início: O filme é lame!

Sinopse:

A história de 'Substitutos' passa-se em 2054, quando os humanos vivem em isolamento e interagem apenas e de forma indirecta com robôs que são semelhantes aos humanos, mas melhor do que eles. Esses andróides substitutos fazem tudo sem que os humanos tenham de sair de casa. Nesse ambiente, um polícia que há anos não pisa na rua, usa seu próprio robô susbstituto para investigar o assassinato de outros robôs cometidos por um terrorista tecnológico que pretende sabotar esse novo mundo perfeito.


Achei um enredo assim para o fútil, com pontas soltas, por vezes clichês, onde o que predominava eram os efeitos especiais, que infelizmente não salvaram o filme. A representação não se destaca particularmente, Bruce Willis esteve longe de fazer o seu melhor, aliás, ele perde um combate de corpo-a-corpo com mais dois homens... Onde está o Bruce Willis badass?! Com um penteado rídiculo no início do filme não se safa.

Como constataram, o enredo não está bem conseguido, a representação é mediana e os efeitos especiais estão muito bons, mas não servem de grande coisa dada a falta de conteúdo do filme.
De salientar que é bastante curto, cerca de 1h e 20 minutos, que não valem os 5€ do bilhete...
Se estiverem curiosos, alugem o filme.

Nota: 6/10

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

WTF Generation Top 10: Coolest Quotes


Cá estamos nós de volta com mais um Top 10, desta vez, as melhores frases de filmes! Vejam o artigo completo para saberem as minhas escolhas...












10 "Like a virgin is a metaphor for big dicks..."
Reservoir Dogs



Tarantino no seu melhor! Uma frase ao mesmo tempo engraçada e adulta, que garantiu lugar neste Top pelo sentido que faz e pelo humor que é expresso!



9 "Bitch! You don't have a future"
Kill Bill Vol.2



Tarantino novamente? Sim! As frases que ele escreve são geniais! Esta é dita por Uma Thurman (Beatrix Kiddo, Kill Bill Vol. 2) num filme igualmente genial!
A frase é proferida aos 4 minutos e 12 segundos do vídeo acima, mas tenho a certeza que quererão ver a luta.



8 "Hasta la vista baby!Terminator 2: Judgement Day



Uma das despedidas mais fixes de sempre! Quando prestes a estoirar os miolos a alguém, digam isto! Só é pena que tenha sido um cyborg com problemas de fala a dizê-la!

7 "THIS! IS! SPARTA!"
300


Outra despedida em grande estilo! Gerard Butler foi o senhor que a mandou cá para fora, num filme espectacular, 300!



6 "Oh, I'm sorry, did I break your concentration?;
ENGLISH MOTHERFUCKER! DO YOU SPEAK IT?!"

Pulp Fiction



Duas frases, não dá para escolher qual, ambas ditas por Samuel L. Jackson em Pulp Fiction! Podem agradecer ao senhor Tarantino!


5 "You're talkin' to me?!"
Taxi Driver



Se algum espertinho com a mania que é bom vos abordar e começar logo a fazer muitas ameaças, com cara de mauzões, digam esta frase! O fdp vai ver logo com quem se está a meter :P


4 "Why so serious?!"
The Dark Knight



Há muito tempo que não via um ser tão psicótico como o que Heath Ledger (Rest in Peace) desempenhou enquanto Joker! Totalmente louco! E esta frase juntamente com "Let's Put a Smile On That Face!" são das melhores!
A última vez que vi alguém assim tão louco foi a última vez que me vi ao espelho :P


3 "They will look up and shout 'Save us!', and I'll whisper... 'No'"
Watchmen


video


2 "Yippee Ki Yay Motherfucker!"
Die Hard Series



Ok, vocês têm de admitir! Não é simplesmente a melhor despedida de sempre?! Para mim é a melhor frase de sempre juntamente com a 1ª classificada, apenas pus esta em 2º lugar porque é mais hardcore e alguns podem achá-la muito "potente"! O grande Bruce Willis disse esta frase mítica, quatro vezes diferentes!

1 "Madness is like gravity... all it takes is a little push!"

video

JOKER RULES!!!! Enough said...

Para a semana têm mais com o DreFranco ;)

And remember... "In america honey, names don't mean shit!"

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pulp Fiction Best Quotes


As frases mais épicas de um dos filmes mais épicos de sempre!
Vejam e digam se concordam!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

WTF Generation com conta no YouTube!



Pois é amigos! O WTF Generation já tem uma conta própria no YouTube e um email para o qual podem enviar o que vos vai na cabeça!
O nosso primeiro vídeo é um 'remake' do tutorial de como obter o jogo arcade 'Shadow Complex' gratuitamente.

TheWTFGeneration@gmail.com

Mais um trailer de Bioshock 2

Ok, começo a pensar que o ligeiro atraso de Bioshock 2 já valeu a pena!
Foi revelado hoje um novo trailer intitulado de "Siren Alley", uma espécie de Red Light District de Rapture. No trailer podemos ver novas armas, uma nova personagem, um novo tipo de Big Daddy e um novo e gigantesco Splicer!! E algo me diz que 29 de Outubro vai ser uma data especial...
Fiquem com o trailer:



quarta-feira, 21 de outubro de 2009

WTF Top 10: Melhores filmes de comics



Gostaram dos últimos dois tops? Bom... esta semana estou de volta para mais um "WTF Top 10", desta vez para vos apresentar os 10 melhores filmes de banda desenhada alguma vez feitos, na visão dos tipos aqui da WTF.
Comics e filmes... apesar de termos visto excelentes comics transformados em autênticas bostas cinematográficas, vimos também (felizmente) filmes inspirados nas histórias dos quadradinhos que conquistaram não só os fãs como os críticos e alguns são considerados até um marco na história do cinema! Fiquem com o Top:





BLADE

Interpretado por Wesley Snipes, o caçador de vampiros mais famoso dos comics foi adaptado em 1998 para o grande-écran, com efeitos especiais de primeira e boas actuações, este foi um dos primeiros filmes que nos mostrou que os comics não são só para crianças, Blade originou um triologia, mas nenhum filme foi tão bom quanto o nosso primeiro encontro com este senhor.







SPIDER-MAN

Quando o primeiro filme da trilogia do herói mais famoso da Marvel estreou nas salas de cinema, Spidey tornou-se de novo num fenómeno, o filme também foi bastante bom, com excelentes efeitos especiais e uma história digna do herói em se inspira. Infelizmente para o Spidey, houve mais oito filmes que escalaram mais alto do que ele.







BATMAN BEGINS

Depois de uns filmes embaraçosos, o homem-morcego fez uma pausa prolongada do mundo do cinema, e foi em 2005 que mundo testemunhou a sua esmagadora "comeback". "Begins" apresentava um enredo mais maduro e complexo, actores de primeira como Christian Bale (que revitalizou por completo o Bats) ou Gary Oldman, só para dizer uns quantos. Sem dúvida um grande filme e talvez uma das melhores revitalizações de carreira dos últimos anos.








V FOR VENDETTA
Ora aqui está um que poucos devem conhecer, ou saber que este filme foi inspirado num comic-book, V for Vendetta foi uma intensa e profunda graphic novel por Alan Moore, um dos maiores escritores de histórias aos quadrinhos de sempre. A história conta a demanda por vingança de V, um sujeito misterioso que luta contra o governo totalista britânico. O filme, como a novel é arrepiante com uma excelente interpretação de Hugo Weaving como V e realizado pelo par de "manos" que nos trouxeram a trilogia Matrix.









IRON MAN
Outra grande personagem da Marvel trazida para o grande-écran, Iron Man é uma das mais gloriosas conversões BD - cinema, Robert Downey Jr. interpretou um papelão como Tony Stark, que se tornou uma das nossas personagens favoritas no mundo do cinema. O enredo é um dos melhores do anos, muito actual mas sempre com aquele feeling das aventuras dos quadradinhos, o elenco também não fica nada atrás com Gwythen Paltrow e Jeff Bridges a acompanhar Robert "Stark" Downey Jr.. Um filme memorável, sem dúvida, mas ficou fora do Top 5, quem terá entrado?









OS FILMES DE XMEN
Ok... isto é um pouco anti-climático... A série X-men é sem dúvida, a melhor adaptação dos heróis da Marvel, o elenco (particularmente Hugh Jackman) é excelente e o enredo é sempre muito bom, basicamente todos os filmes da saga X-MEN são bastantes bons e estão ao mesmo nível na minha humilde opinião, considerem isto uma excepção.









300
Realizado por Zack Snyder, 300 é o filme cuja a graphic novel em que se inspira foi uma das primeiras que, escrita por Frank Miller, 300 conta a história de 300 espartanos que partem para uma guerra contra milhões e milhões de persas, o filme está soberbo visualmente e muito fiel ao material de fonte, sangrento, violento e politicamente incorrecto, 300 assegura a sua posição no nº4. THIS IS SPARTA!!!










SIN CITY
Ah... Sin City... outra do Frank Miller, Sin City é daqueles filmes que podem ser considerados "art movies", o enredo é fantástico, o elenco simplesmente GENIAL! (Mickey Rourke, Bruce Willis, Rosario Dawson, Benício del Touro, Clive Owen e ainda a bela, Jessica Alba), Sin City conta a história dos perigosos habitantes deste "fim do mundo", uma autêntica cidade do pecado sem regras, tudo retratado num estilo visual simplesmente brilhante, Sin City fica na base do pódio, quem terá ficado à frente?









WATCHMEN
A derradeira obra de Alan Moore, Watchmen é considerado como O melhor comic de sempre, uma história negra e adulta, onde os super-heróis são pessoas verdadeiras, com complexos, problemas e pancas, Watchmen sempre foi considerado como "impossível de sair perfeito", em parte é verdade, o filme tem algumas falhas em termos de coerência do enredo e o fim é um bocado... lame... mas o estilo visual sem precedentes, os papelões de Billy Crudup, Jeffrey Dean Morgan e Jackie Earley Haley e o enredo bizarro e complexo tornam este um dos melhores filmes de comics. Já devem ter adivinhado o nº1 por esta hora...










THE DARK KNIGHT
Bem vindos a um mundo sem regras... Já devem ter visto o Begins lá para baixo, este é o derradeiro filme de comics, de Batman e... DE SEMPRE, The Dark Knight não é só um filme de comics, The Dark Knight é um marco na história do cinema com um enredo de cair o queixo e uma interpretação que até na quarta visualização ainda dá arrepios!! Parabéns Christopher Nolan, apenas este homem conseguiu compreender de maneira, praticamente infalível, a essência de Batman, parabéns também ao maravilhoso elenco e parabéns ao actor Heath Legder por ter feito uma das melhores actuações de todos os tempos! Que descanses em paz!!



Bom... chegámos ao fim, para a semana há mais com o RBchaos e não esqueçam de aceder aos comentários e postarem as vossas opiniões!









domingo, 18 de outubro de 2009

Crítica do filme "Reservoir Dogs"





Realização - Quentin Tarantino

Género - Thriller

Este foi o primeiro filme que o realizador Quentin Tarantino fez, um filme independente feito em 1992 sobre um assalto a um banco que correu mal, com um enredo mirabolante, diálogos simplesmente fantásticos e actuações muito sólidas, não é por acaso que é considerado o "melhor filme independente de sempre" e também um dos melhores filmes dele, vamos à sinopse:
Um grupo de criminosos profissionais contratados, cujo nome verdadeiro deles é completamente desconhecido, sendo referidos apenas pelo nome de cor, eles são Mr Blonde, Mr Blue, Mr Brown, Mr Pink, Mr Orange e Mr White são chamados para realizar um arriscado assalto a um cofre num banco de Los Angeles, depois de uma breve cena de diálogo "Tarantinesco", a acção muda para o caos não-cronológico dos filmes dele, com Mr White e Mr Orange a fugir num carro, Mr Orange estando mortalmente ferido. O que se segue são 1 hora e 45 minutos cheios de suspense, traições e reviravoltas que culminam num dos finais mais anti-climáticos de sempre (no bom sentido), onde o assalto em si nem sequer é mostrado.
O enredo é simplesmente fantástico, escrito de uma maneira impecável, todas as transições, falas e cenas estão fenomenais com até alguns momentos de exaltação por parte do espectador, este é talvez o melhor exemplo do brilhantismo dos filmes de Tarantino. As actuações estão também muito boas, Michael Madsen esteve excelente como Mr Blonde, apresentando um carisma nato, destaco também a excelente actuação de Tim Roth e Steven Buscemi como Mr Orange e Mr Pink respectivamente e nem sequer faltou Tarantino com Mr Brown, que apesar de ter um papel pequeno, conseguiu apresentar uma das melhores citações da história do cinema, não a vou dizer aqui por ser um bocado... bem... imprópria, digo apenas que nunca mais irão ficar indiferentes a "Like a Virgin" de Madonna.
"Reservoir Dogs" é basicamente, o que os filmes de Quentin Tarantino se resumem: Diálogos inteligentes, violência e profanidade (mas sem serem gratuitas!) e um enredo de rodar a cabeça, o primeiro filme de Tarantino surge como um dos melhores filmes de crime que já vi a par de Pulp Fiction e é imperdível se apreciam o género ou gostam dos filmes dele.


Nota: 9.4/10

Crítica do filme "The Ugly Truth"









"The Ugly Truth" é uma comédia romântica que adorei, não só pelas piadas que fazem parte do papel de Gerard Butler, mas também pela representação exlente de todos os actores...

O filme conta a história de uma mulher que está à procura do homem perfeito...mas quando o encontra, não sabe conquistá-lo...É aí que entra "Mike Chadway" (devem saber quem é, se não, é Gerard),
ele ajuda "Aby" a conquistá-lo e com os concelhos dele, ela rapidamente o faz..
Se vocês estão à procura de uma boa gargalhada numa tarde aborrecida, vejam o filme (e não se esqueçam das pipocas!!)



video


Nota: 6/10

sábado, 17 de outubro de 2009

Borderlands é que é!


Então? O que vão comprar este Natal? Call of Duty? Halo? Txii... Esses shooters casuais... Randy Pitchford fez-nos o favor de explicar como Borderlands foi feito para o verdadeiro gamer, neste divertido "IGN Original", vejam:


quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Crítica do filme "Kill Bill Vol. 2"





Realização - Quentin Tarantino

Género - Thriller/Acção


Foi lançada pelo nosso amigo RBChaos, muito recentemente a crítica ao primeiro volume de Kill Bill, o épico de vingança do realizador Quentin Tarantino. Decidi ajudá-lo e disponibilizarei a crítica ao segundo volume.
Depois dos excelentes primeiros capítulos do primeiro volume, a expectativa é muito elevada para a conclusão da empolgante história de vingança de Beatrix Kido, "The Bride", uma antiga assassina ao serviço do enigmático Bill (sim, é neste que se vê quem ele é) depois deste e os seus ex-colegas terem chacinado toda a sua família e amigos no suposto dia do seu casamento. Apesar de estar muito bem escrito e muito bem representado, este 2º volume não consegue atingir o nível imposto pelo primeiro e a razão principal, na minha opinião, é pela a maneira que os dois volumes estão organizados, enquanto o 1º volume aposta mais no estilo e na violência característicos dos filmes de Tarantino, o segundo foca-se mais na história e diálogos que o tornaram um realizador de renome, acho que podia ter equilibrado ambos os volumes com os dois elementos que fazem os seus filmes tão bons, assim os volumes parecem algo incompletos (mas não me interpretem mal! Os dois combinados fazem um dos melhores filmes que já vi!).
A primeira evidência da "nova" orientação deste volume começa logo no início do filme onde vamos ver finalmente o que aconteceu antes do massacre, passando para um pequeno excerto onde vamos descobrir como Beatrix se tornou uma assassina letal. Mas vamos voltar onde interessa, a lista da Bride! No último volume foram mortas duas das cinco pessoas quem a Bride se pretende vingar, eles são Budd (interpretado pelo fabuloso Michael Madsen, o "Mr Blonde" de Reservoir Dogs, outro grande filme de Tarantino), Elle Driver (Daryl Hannah), que neste volume apareceu como uma das melhores vilãs no mundo do cinema, e claro, Bill (David Carradine). O elenco é fabuloso, com prestações muito fortes de Uma Thruman e David Carradine, o enredo (apesar de estar um bocado parado) é excelente com diálogos fabulosos, como Tarantino nos tem vindo a habituar. O que me desiludiu foi o fim, achei um bocado fraco para um filme tão grande (cerca de 4 horas).
Vol. 2 veio para arrasar e é a empolgante conclusão de um dos melhores "revenge movies" de sempre, apesar de ter algumas falhas e não ser tão icónico como o primeiro volume, é um must-see para quem viu o primeiro e quem não viu vai ter de fazer uma boa viagem ao clube de vídeo.


Nota: 9.2/10

Nova jogabilidade de Conviction!


Já tinham saudades do Sam? Pois, boas notícias fãs do maior agente dos videojogos! Hoje foi revelado um bombástico trailer de jogabilidade onde podemos ver novos ambientes, técnicas e... os goggles voltaram! O jogo sai a 23 de Fevereiro, 2010, exclusivamente para Xbox 360 e PC.

Crítica do filme "Kill Bill Vol.1

IMDb - 8.2/10


Metacritic - 69/100


Realizador - Quentin Tarantino


Género - Acção | Thriller


Tarantino Rules!

Kill Bill, um dos filmes do realizador Quentin Tarantino, que acabei de ver, entrou no meu top de filmes favoritos! Porquê? Leiam a crítica seguinte:


Kill Bill conta a história de uma personagem cujo nome é desconhecido durante o filme (interpretado por Uma Thurman, que ao lado de Tarantino escreveu o filme), que procura vingança após ela e a sua "família" e amigos ter sido chacinada no dia do casamento. Acontece que a nossa personagem, vamos chamá-la, Bride (:P), não é morta! Aliás, revela-se exactamente o contrário! Muito difícil de matar!

O filme é mais inclinado para a cultura oriental, onde a maioria das lutas são combates com espadas, e a batalha final decorre no Japão, em Okinawa.

Como ia dizendo, Bride procura por 5 pessoas para matar, em busca de vingança; aposto como vocês sabem qual é o que ela quer matar independentemente de tudo! Está claro, Bill é o seu nome e a sua cara é ocultada durante todo o filme, resumindo-se a chamadas telefónicas e monólogos.
Neste 1º volume dão-se apenas dois assassinatos (brutais por acaso), o que me leva a crer que no 2º Volume sejam os restantes 3.



Resta-me dizer que Kill Bill é um filme fantástico, que os amantes do cinema devem ver!
Ah e já agora, Kill Bill tem uma música muito conhecida, muito boa mesmo! É esta para quem não sabe! Kudos para o compositor da música, Tomoyasu Hotei!


Nota: 9.2/10

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Análise a "Zombie Apocalypse"



Ultimamente tenho andado com a febre dos zombies, vi o excelente "Planet Terror", começei a descarregar o "Dawn of the Dead" e comprei este título arcade com os pontos que ainda tinha. Nunca fui um grande fã destas criaturas, mas não posso negar que estas já me proporcionaram bastantes momentos de diversão em títulos como Resident Evil ou House of The Dead (nas máquinas de arcada do café), mas será que este novo jogo da Nihilistic Software é capaz de entreter? A resposta é afirmativa, sem se destacar em nenhum parâmetro em especial sem ser, provavelmente, a vertente coop, Zombie Apocalypse é diversão pura e simples sem grandes enredos e novidades de jogabilidade, basicamente movimentam-se com um analógico e disparam com o outro, usando o gatilho RT para tirar a chainsaw (imprescindível num jogo de zombies!) e RB para lançarem um "isco" explosivo aos zombies. São sete arenas que se vão repetindo ao longo de 55 níveis/dias, o que pode causar um pouco de monotomia, mas imensos tipos de infectados especiais como velhinhas que atiram facas, zombies munidos de caçadeiras ou Kamikazes, zombies amarrados a explosivos que correm na nossa direcção. À medida que vamos progredindo tudo vai ficar mais caótico e divertido, pelo que é de extrema satisfação minha, apanhar um lança-chamas ou minigun em momentos de aperto. Também vamos ter modos especiais como Blackout, onde tudo fica obscuro menos o sitio por onde passa a nossa personagem.
Zombie Apocalypse, "bebe" bastante da influência do FPS cooperativo da Valve, Left 4 Dead, ao ponto que seja a ser um bocado exagerado, pormenores desde serem quatros sobreviventes disponíveis até aos "Big Boys" que são uma cópia chapada dos Boomers do título acima referido. Tal como o shooter, ZA também tem um modo cooperativo e tal como o shooter, é bastante divertido e viciante, com amigos fica ainda melhor!
Em termos técnico, ZA não se destaca muito, os efeitos estão decentes e os cenários tendem a repetir-se, a música é abafada pelos berros dos zombies, tiroteios e explosões que decorrem ao longo deste divertido Apocalipse.
Em suma, este é um arcade bastante viciante com um coop divertido que vale bem o preço de 800MPs que pede e fãs de coop e zombies em geral não vão querer perder este jogo.

Nota: 84%





WTF Generation Top 10: Os mais "badass" do cinema

Regressamos com o Top 10 desta semana, destinado aos actores que interpretaram (e são) badasses. Quem será o mais badass de todos os tempos?









10 Steven Seagal
Não gosto muito dele nem dos seus filmes, mas tenho de reconhecer que os papéis que interpreta são badasses. As suas frases... nem por isso.

Most Badass Quote: “I have made a lot of mistakes. But I've worked hard. I have no fear of death. More important, I don't fear life.”


9 Jason StathamApesar de ter achado o filme Crank um tanto fútil, gostei bastante da representação de Statham e da maneira de ser mauzão. Transporter é outra marca registada do actor onde "bolas" não lhe faltam.
Most badass quote: "I'm going to have to kick some black ass"


8 Vin Diesel
Todos conhecemos Vin Diesel e os seus filmes na Velocidade Furiosa com o seu alto carro, a sua alta pistola e o seu alto style... O Mr. Não-te-metas-comigo-que-eu-sou-mauzão entra no 8º lugar do top.
Most badass quote: “You break her heart, I'll break your neck.”


7 Gerard Butler
Com a sua fenomenal representação em 300, Gerard Butler foi para mim, aquele que me pareceu o Espartano mais credível de todos. Frio, sem nunca hesitar em dar a vida por aquilo que acredita.
Most badass quote: THIS! IS! SPARTAAA!


6 Chuck Norris
Considerado por muitos como o maior badass de todos os tempos, Chuck Norris entra na lista como é óbvio; apenas não fica mais acima por não ter nenhuma frase em especial marcante.
Most badass quote: *Mas qual frase? ROUNDHOUSE KICK!*

5 Samuel L. Jackson
Cá esta ele! Na minha opinião, o negro mais badass de todos! Mais badass ainda que Ving Rhames! Com a suas frases espectaculares, como Ezequiel 25:17 em Pulp Fiction, e uma representação fora do normal, Samuel L. Jackson conseguiu o 5º lugar neste top!
Most badass quote: ENGLISH MOTHERFUCKER! DO YOU SPEAK IT?


4 Arnold Shcwarzenegger

Embora o ache um bocado esquisito, é verdade que na conhecida série Terminator, Arnold é um dos protagonistas; um robot enviado do futuro que não morre nem com balas, nem com explosões, nem com bazucas... Será que morre com um Roundhouse Kick?
Most badass quote: I'll be back...

3 Darth Vader
Nope, este não é um actor, este é Darth Vader! Todos o conhecem da famosíssima saga de Star Wars! Que mais posso dizer?!
Most badass quote: "You underestimate the Power of the Dark Side."

2 Bruce Willis

Este senhor não precisa de ser um cyborg enviado do futuro para liquidar terroristas durante 4 sagas inteiras e sobreviver! Este senhor é Bruce Willis! Este senhor é... Die Hard!
Most badass quote: Yippee Ki Yay Motherfucker!

1 Clint Eastwood
Autêntica lenda viva, Clint Eastwood desempenhou tantos papéis da badass que é difícil escolher qual o melhor; desde o Homem Sem Nome em O Bom, O Mau e o Vilão, Dirty Harry, Walt em Gran Torino mais recentemente... enfim, é o maior badass de todos os tempos!
Most badass quote: "But being as this is a .44 Magnum, the most powerful handgun in the world, and would blow your head clean off, you've got to ask yourself one question: Do I feel lucky? Well, do ya, punk?"


E ficamos por aqui com o Top 10 dos maiores homens sem medo do cinema, para a semana há mais, com o DreFranco.