sábado, 26 de setembro de 2009

Crítica do filme "Planet Terror"




Metacritic - 77/100 (Grindhouse)

Realização - Robert Rodriguez

Género - Terror/Acção




Planet Terror faz parte do "double-feature" Grindhouse, um conjunto de dois filmes que resultaram na colaboração de Robert Rodriguez e Quentin Tarantino. O segmento de Rodriguez é uma (excelente) homenagem aos filmes de terror e zombies dos anos 70 série B onde nem sequer faltam os tradicionais cortes e manchas e "estalos" próprios desses filmes, para muitos pode ser irritante mas a verdade é que este "look" confere ao filme outra atmosfera, com mais vida e sentimento, a sinopse já é previsível: Numa cidade desconhecida onde nunca é dia, uma misteriosa doença provocada por um gás misterioso que transforma todas as pessoas em criaturas selvagens e horrendas parecidas a zombies, um grupo de sobreviventes tenta fugir desta ameaça.
No entanto, as personagens, que vão desde uma "go-go dancer" que perde a sua perna num ataque zombie, até a um dono do restaurante que vai até ao fim a sua vida a tentar criar o molho de churrasco perfeito (Bruce Willis também faz um pequeno papel) são bastante profundas e divertidas. Os actores são bastante competentes, principalmente Freddy Rodriguez, o protagonista (o estilo de personagem de atirador certeiro assenta-lhe muito bem). O enredo, apesar de seguir os "clichés" de filmes de zombies, está muito bem escrito, oferece momentos de alguma tensão e é, em algumas partes, bastante engraçado e o pormernor da "MISSING REEL" é um golpe de génio! Toda a atmosfera do filme, do princípio ao fim, desde a "péssima" qualidade do vídeo e tons esverdeados mórbidos, nunca perde aquela sensação de filme de zombies.
Planet Terror é capaz de ser um dos melhores filmes de terror que já vi, não é necessariamente assustador, é extremamente violento, tem um estilo visual simplesmente soberbo (é irónico, visto que a qualidade do filme é PÉSSIMA, apesar de percebermos bem o que se passa), algumas vezes é engraçado, muito original e cheio de pormenores que lhe conferem um estatuto de culto. Um filme a não perder se gostam de zombies e acção over-the-top (não recomendado a pessoas facilmente chocadas ou HD freaks).




Nota: 8.6/10

Sem comentários: