terça-feira, 29 de setembro de 2009

Crítica do filme "Final Fantasy: Advent Children"




Metacritic - 88/100 (apenas tinham a versão UMD)

Realização - Tetsuya Nomura e Takeshi Nozue

Género - Anime/Animação/Acção

Final Fantasy VII, sem dúvida, o RPG mais celebrado de sempre, a sua história, o seu universo, a sua magia moveu pessoas por todo o mundo e é considerado por muitos como o melhor RPG de todos os tempos. Ainda me lembro da minha infância e jogar FFVII quando tinha uns 9 anos na PSone, nenhum FF dessa consola me tocou como VII, a história impressionante, a jogabilidade envolvente, simplesmente MÁGICO! O universo de Final Fantasy já foi explorado várias vezes em jogos como Before Crisis: FFVII, o novo Crisis Core para PSP (uma prequela) e este maravilhoso filme de 2005. Foi uma experiência maravilhosa para um enorme fã como eu, poder rever Cloud, Sephiroth, Barret, Tifa e companhia remasterizados com o poder do HD, num novo filme que conta o que aconteceu depois da marcante aventura original, fiquem com a sinopse:
Advent Children passa-se alguns anos depois de Cloud e companhia terem derrotado Sephiroth. Uma misteriosa doença chamada "Geostigma" aparece do nada, juntamente com um misterioso gang que busca a "Mãe", cabe a Cloud e companhia descobrirem o que se passa (digo Cloud e companhia, mas o filme foca-se mais em Cloud e na sua viagem interior, o bando serve apenas de personagens secundárias), o enredo está muito bem construído, quem está familiarizado com VII vai certamente reconhecer muitos locais e temas da banda sonora. Mas apesar de estar muito bom, o enredo torna-se num labirinto sem saída para quem não jogou o jogo original (shame on you!), muitas referências não são explicadas e o enredo ficará muito confuso para esse público, se são fã de VII, vão adorar esta nova história, que apesar de não ser necessariamente "super-épica" está muito boa.
Visualmente, Advent Children está excelente, os detalhes e animações são soberbos, basicamente parece um filme verdadeiro, mas está animado, o som também está bom, apesar de achar que os actores podiam prestar um pouco mais de convicção nas suas falas, banda sonora é muito boa, utiliza temas originais e "remixes" de faixas clássicas do jogo que qualquer ouvido mais atento detecta. Este filme trouxe-me uma certa nostalgia ao ver grandes personagens como Cloud ou Vincent numa nova aventura e ouvir as "velhas " mas sempre familiares músicas do jogo, era capaz largar a Xbox e o Halo e de pegar no jogo outra vez se não o tivesse emprestado, este é sem dúvida um filme feito a pensar nos fãs, que me deixou verdadeiramente emocionado.
Advent Children, como referi em cima é um filme que nenhum, repito, NENHUM fã de Final Fantasy pode perder, não é tão encantador como o jogo em que se baseia mas é sem dúvida um grande filme de animação, onde Cloud, Barret, Tifa, Vince ou Sephiroth se voltam a encontrar para uma aventura de proporções, até agora, só possíveis nos nossos sonhos, unmissable!


Nota: 7/10

Sem comentários: