quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Crítica do filme "District 9"


IMDb - 8.5/10


Realização - Neill Blomkamp

Género - Acção/Sci- Fi/Thriller



Quando estava a "passear" pela IGN, vi a crítica a um filme que nunca ouvi falar chamado "District 9", que recebeu uma choruda classificação de 5 estrelas, sim, 5/5, fiquei impressionado, procurei o trailer e apenas me foi disponibilizado um teaser muito pouco revelador, mais tarde no mesmo site (IGN), District 9 apareceu na Spotlight, ganhando imensos prémios, incluindo "Melhor Criatura", "Melhor Héroi" e... "Melhor Filme de Verão"! Depois disto tinha de ver o filme, mas ainda não estava em Portugal. E devo dizer: Não é o fenómeno que a IGN diz, mas está lá perto, muito perto. Fiquem com a sinopse:

Em 1981, uma nave espacial aparece do nada e pára no ar da África do Sul, os humanos, após averiguarem o interior, encontram uma estranha raça de extraterrestres bípede, perdidos e muito confusos, estes estranhos "visitantes" apelidados de "Prawns" (enormers gafanhotos típicos da região), passam a conviver com a raça humana, morando num sector "Só para extraterrestres", denominado de District 9, até que a sua nave esteja de novo operacional. Mas os anos foram passando e as coisas continuaram na mesma, eventualmente o caos instalou-se com raça humana a começar a rejeitar os inofensivos aliens, que ao longo dos anos, foram aprendendo a natureza humana, ou seja, começaram a responder e a utilizar a sua tecnologia (anos luz à frente da nossa), contra os humanos, criando conflitos extremamente violentos, que tornaram District 9 num bairro da lata altamente perigoso controlado por gangs de humanos e Prawns. Vinte anos depois da nave aparecer, com medo que isto evoluisse para uma guerra civil, a MNU (a segunda companhia mais poderosa do mundo) iniciou um plano de deslocação dos Prawns para acampamentos distantes dos humanos, pondo à frente do projecto, o protagonista Wikus van de Merwe, esta será uma intervenção perigosa, visto que District 9 não recebeu uma visita de outros humanos à muito tempo. A temática deste conflito entre os Prawns e humanos está bem disfarçada, mas depois de algum tempo, qualquer um associa esta situação a um pesado relato ao racismo (os aliens são uma metáfora, que na vida real corresponderiam aos conflitos entre negros e brancos nos países africanos.), o enredo é excelente, espectaculares elementos Sci-Fi e lá mais para a frente haverão muitas surpresas e momentos emotivos que ninguém quererá perder. Um pormenor que para mim me marcou, foi o facto de a primeira parte ser apresentada como um documentário de TV, os actores representam excelentemente bem e o filme é extremamente credível, talvez dos mais credíveis de sempre. Acho que se por acaso isso acontecesse na realidade, era assim que nós iriamos lidar com esta situação.
Este é talvez o melhor filme Sci-Fi que já vi na minha vida, o design dos Prawns é simplesmente fenomenal, os efeitos especiais estão muito conseguidos e os sons envolventes. Um filme que tive pena de não ter visto no cinema, District 9 é filme que nenhum fã de ficção-ciêntifica deve perder e mesmo que não sejam admiradores do género, é um bom filme para verem!


Nota: 8.8/10




4 comentários:

Zé Milho disse...

Não chegaste a explicar a maneira de ver o filme, visto que cá em Portugal ainda não estreou. Viajaste aos States para ver o filme, foi ? LOL

RB disse...

Deve ter sacado da net :P

André Franco disse...

Torrent, my friend... Torrent...

JAYME LIMA disse...

Após, o seu comentario e critica não há o que falar mais, sobre o filme distrito 9. É soberbo, sem duvida, o melhor filme de ficção dos últimos dez anos. Parabéns.